GANHE BITCOINS AGORA, GRÁTIS

BTCClicks.com Banner

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Como identificar líderes..

Para encontrar e
moldar líderes

Especialista dá dicas de como identificar um profissional de
futuro e o que fazer para adeqüá-lo às suas expectativas







Entrevista realizada com o Coach Julio Panzariello
diretor daempresa JS Treinamentos de Varejo,
publicada na edição Nr 26de Fevereiro de 2011,
na Revista do MINASPETRORedação por Raíssa
Maciel.






Sair do escritório e ir para a “pista”. Esse é o primeiro passo para o 
proprietário de um posto de combustíveis conhecer melhor 
o seu negócio e, conseqüentemente, seus funcionários. 
Só assim será possível identificar, por exemplo, um líder – 
aquele funcionário que merece investimento e um cargo melhor –
e levá-lo a atuar de acordo com as metas da empresa. A dica
é do Diretor da JS Treinamentos e especialista em lojas de 
conveniência de postos, Julio Panzariello.
Segundo ele, com disposição para conquistar qualidade, 
é possível encontrar líderes. Uma das formas de identificar
potenciais líderes é estimular conversas sobre as expectativas
do funcionário. “Se ele não almeja nada, pretende continuar 
onde está, já dá para saber que é alguém que não vai se 
esforçar muito. Mas se ele tem um plano, quer ser gerente, 
chefe de turno, isso é um tremendo indicativo de que talvez
seja bom investir nessa pessoa”, afirma Panzariello.

A atuação do líder deve
estar alinhada com as 
expectativas de resultado
da empresa. Para que isso
aconteça, de acordo com 
Panzariello, é preciso
que a pessoa “vista a camisa”,
goste de trabalhar no local.
E neste ponto Julio 
Panzariello, que também 
é Professional Coach, chama
a atenção para o fato da
crescente frustração dos funcionários quanto ao seu ambiente 
de trabalho.


"Alguns caminhos são pagar salários melhores, comandar a 
empresa com uma postura mais tolerante e menos 
“linha dura”, aproximar-se das pessoas e deixar claras quais
são as expectativas. Se o funcionário gosta de trabalhar
naquele posto, ao ser chamado para substituir alguém que 
faltou, por exemplo, ele não vai reclamar, vai entender 
a necessidade do grupo e vai trabalhar bem”, ensina o especialista.
E completa: “É preciso entender que, para ter retorno, 
é preciso investir na capacitação da equipe”. 
Panzariello ainda aconselha aos empresários a adotarem
a remuneração variável, quando os funcionários recebem 
participação nos lucros da empresa. “Se a pessoa sabe 
que também vai lucrar com o fato de a empresa atingir 
determinada meta, por exemplo, ela se esforçará mais”, 
observa.
Veja a reportagem original na Revista do Minaspetro (pág 13).

Nenhum comentário: