GANHE LITECOINS GRÁTIS

Litecoin Miner - Mine and Earn free Litecoin

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

A LIDERANÇA FOCADA NA EQUIPE



Maria Inês Felippe



          "Sua ação deve corresponder a sua fala. Trabalhe em equipe"
         Nenhum homem é uma ilha - você já ouviu isso antes? Pois é, podemos perceber que  viver socialmente é uma necessidade inerente dos seres humanos, algo que os caracterizam. Porém, muitas vezes, negligenciam estas habilidades através do uso de diversas tecnologia, tais como: Correio eletrônico, Internet, Fax, etc.
Chega a ser até uma contradição, pois vivemos numa sociedade baseada nas realizações individuais e o homem com necessidades sociais.
No entanto, percebemos mudanças, pois algumas  organizações têm estabelecidos seu planos de salário, incentivos, onde se  remunera tanto pelas ações individuais quanto pelas  grupais.
Mas trabalhar em equipe não é tão fácil e simples, pois somos competitivos e estamos acostumados a trabalhar individualmente. Para trabalharmos em equipe, precisaremos treinar muito. Muitas  vezes,  é  mais  fácil  e rápido decidir sozinho, apesar de podermos podemos recorrer a erros. Porém, várias pessoas pensam melhor do que  uma.
A maioria das atitudes positivas ou negativas, somente são tomadas quando os homens estão em grupo, pois sozinhos estas não se  manifestam. Desta forma, o sucesso de uma organização é substancialmente influenciado pelo desempenho de diversos grupos, que interagem entre si, e por toda a hierarquia da empresa.
As soluções dos problemas, lançamentos de novos produtos, ações, decisões são resultados de esforços em conjunto, entre os empresários e suas equipes de trabalho.
Não chegaremos em lugar algum sem a ajuda de diversas pessoas, de suas orientações e ou informações. Estimular a coesão é fundamental, pois a empresa coesa está mais preparada para enfrentar os desafios da  globalização, através da formação de times , equipes de trabalho.
Um grupo coeso, torna-se  mais determinado, criativo além da interação entre seus membros ser mais  rápida e não necessitar de supervisão constante. Mas em contrapartida, por vezes, o grupo reluta mais as novas idéias e é geralmente mais revindicador.
           Agora, para que o grupo realmente funcione satisfatoriamente, é preciso que seus integrantes tenham:
  • Certa independência.
  • Sejam reconhecidos como tais.
  • E tenham objetivos em comum.
           O trabalho em equipe é um trabalho de grupo com alto desempenho, onde seu potencial geralmente é grande e precisa ser bem administrado, pois necessita obter uma participação mais objetiva, alcançando altos estágios de desempenho ou seja, ultrapassando os modos tradicionais.
          Sendo assim é necessário que haja:
  • Desafios
  • Coesão
  • Comprometimento
  • Responsabilidade
  • Estímulos
  • Motivação
          As diversas habilidades de seus componentes devem ser usadas da melhor forma possível, apesar da visão diferenciada que cada um, possui, pois só assim poderemos colher frutos neste novo cenário. A falta de coordenação pode levar a conflitos, à duplicidade de função e à ineficiência, ou seja, a organização precisa preparar-se para os Times de trabalho.
Portanto é necessário identificar pontos que podem bloquear ações criativas, trabalhos em equipe, e desmistificar a competitividade. Para isso torna-se importante uma comunicação adequada e uma liderança eficaz.
E como será que está a equipe de funcionários dentro da sua empresa? e seus líderes? Será que realmente sabem o significado da sua empresa, seus objetivos, da importância e da interdependência das diversas áreas interdependência. Seus trabalhos são reconhecidos? Você é pensou sobre isso?
Trabalhar em equipe é uma questão de maturidade, pois significa escutar pessoas, abrir mão de opiniões, concordar que as opiniões de outros membros podem ser melhores que as minhas, etc. Dessa forma, é importante que estejamos seguros das nossas habilidades para conseguirmos controlar nossas emoções, aproveitando ao máximo da equipe, reconhecendo falhas e desenvolvendo habilidades.
Para isso, é preciso maturidade e treino. Devemos perceber que como integrante do grupo, temos algo a contribuir, assim como demais pessoas que compõem a organização também poderá colaborar. Sendo assim, deixo de ser o dono da verdade.
          Será que estou preparado para trabalhar em equipe? 
          Conheça a si próprio
           Para nos auto avaliarmos, precisamos certas bases de conhecimentos psicológicos gerais, que deve ser acompanhada de constante auto-análise, que nos permita aprofundar dia-a-dia, a noção que temos de nossas possibilidades e limitações, de nossas aspirações êxitos, insucessos e assim por diante.
O auto conhecimento deve resultar nosso melhor ajustamento e a conquista da maturidade e controle emocional, ou seja:
  • Capacidade de entender os outros e de nos fazermos entender pelos outros.
  • Nos julgarmos e julgar os outros o mais objetivamente possível.
  • Nos aceitarmos e aceitar os outros, admitindo que ninguém é isento de falhas, mas que também encontraremos qualidades em nós e em qualquer outro ser humano, se desejarmos realmente encontrá-las.
  • Conhecimento de suas habilidades e defeitos, como e o que melhorar.
      
    Compreendendo sua equipe:
          Conhecer os outros implica, inicialmente, num vasto conhecimento da natureza e das motivações mais comuns e freqüentes no ser humano, do que o impulsiona a agir.
           É necessário formular idéias as mais precisas o possível, das características individuais das pessoas com as quais estamos em contato.
          Diferenças individuais abrangem:
  • Tipos de inteligências.
  • Diversidade de temperamento.
  • Diversidade de reação.
  • Graus de cultura.
  • Interesses dominantes.
  • Tipos de motivação e expectativas
  • Sentimentos.
           Observe o seu grupo de trabalho.
     
      Características do Time perdedor:
  • Objetivos indefinidos.
  • Atuações confusa.
  • Individualismos.
  • Falta de direcionamento.
  • Comunicação confusa.
  • Desperdício e baixa produção.
  • Conflitos.
  • Faltas de feedback.
  • Inexistência de comprometimento.
  • Doenças psicossomáticas.
  • Atrasos e faltas constantes.
      

Características do Time vencedor:
  • Confiança mútua.
  • Auto sustentação.
  • Objetivos definidos.
  • Comunicação vertical, horizontal e transversal.
  • Aproveitamento das habilidades individuais.
  • Comprometimento.
  • Feedbacks constante.
  • Trabalhos com quantidade e qualidade.
  • Liberdade de expressão.
  • Criatividade e inovações.
          Buscando sucesso através da sua equipe 
           A obtenção do sucesso está também relacionada às atitudes e as habilidades do Administrador designado para, juntamente com a sua equipe, atingir os objetivos traçados pela organização.Inicialmente, ele deve levar a sua equipe à obtenção do sucesso. Para isso, deverá:
          Integrar- Resgatar a vontade pelo trabalho, principalmente, considerando as experiências traumáticas obtidas nos processos de reengenharia, e de corte de pessoal; que levou os funcionários a se sentirem totalmente instáveis no trabalho. Integrá-lo ao novo contexto. Mantendo uma uniformidade.
          Desenvolver- Planejar e acompanhar o desenvolvimento do trabalho a ser executado, motivando a equipe e promovendo o auto- conhecimento.
          Adequar- Aproveitar e desenvolver as habilidades de cada funcionário, aproveitando utilizando-se de recursos como conhecimentos sobre liderança, motivação, visão global dos acontecimentos, propiciando assim condições para que as metas sejam alcançadas. Busque a sinergia grupal.
          Buscar resultados- O êxito na execução das tarefas em equipe está diretamente ligado ao sucesso que a organização visa alcançar tendo bem claro o seu propósito.
          Identificar e respeitar- Desenvolver o ritmo de cada profissional, pois as pessoas não são iguais. Saiba ouvir. Cada profissional tem o seu ritmo, suas habilidades. O Administrador cabe identificá-lo além de aproveitar o que cada profissional tem de melhor, e de propiciar o desenvolvimento das habilidades faltantes.
          Coesão- Para se manter um time em pleno funcionamento deve-se criar ambiente onde as metas e objetivos individuais possam se materializar.
          Abertura- Comunicação livre e aberta, estimulando e premiando novas idéias, levando-as à concretização; propiciando assim a participação e comunicação aberta.
          Objetivar- Estabelecer de perspectivas através da Administração por objetivos, onde as funções e atribuições de trabalho tornem-se claras.
          Respeitar- As características individuais, posicionamentos, limitações buscando-as sempre desenvolvê-las.
          Quebrar paradigmas- Os mais famosos: Errar é humano, Cachorro velho não aprende novos truques, Vassoura nova sempre varre melhor, Santo de casa não faz milagre, Em casa de ferreiro o espeto é de pau, Querem mudanças mas tudo continua a mesma coisa, Funcionários só querem moleza, Patrão só sabe explorar, etc.
          Criatividade- Estimular a geração idéias, novos produtos, soluções de problemas, etc.
          Discordância civilizada- a equipe deve estar confortável para discutir posicionamentos divergentes com respeito buscando um consenso.
          Liderança situacional – modifica-la conforme as circunstâncias e a maturidade da equipe.
          Feedback- auto avaliação, tanto dos funcionários como dos clientes.
          Cuide da saúde física e mental do trabalhador - cuide bem delas, estimulando através de palestras, a qualidade de vidas, pratica de esportes, e a busca o auto- conhecimento, evitando o álcool, o fumo, as drogas e fazendo refeições sadias.
          Evite o incentivo ao Workaholic.
          Alguns cuidados
          É preciso ser cauteloso no mundo dos negócios. As atitudes devem ser coerentes e pró-ativas, traçando objetivos pertinentes e estimuladores. Porém, muitas vezes, o administrador/empresário se encontra tão ávido pelo sucesso que acaba prejudicando e trazendo malefícios àqueles a sua volta, levando-os ao stress. Por vezes acaba prevalecendo os objetivos pessoais em detrimento aos organizacionais.
          As pessoas crescem através da aceitação de desafios, Mas CUIDADO! Muitas vezes, os objetivos ou desafios são parcial ou totalmente inatingíveis; o que poderá fazer com que o grupo se desmotive.
          O grupo enriquece a informação, reconstituindo e atualizando-a permitindo que ser trabalhe com maior profundidade.Para que ocorra a sinergia de um grupo é preciso saber compartilhar conhecimentos, bem como existir envolvimentos.
          Esta sinergia emerge quando o grupo entende o(s) objetivo (s) organizacional (is).
          Busque resultados através da sua equipe - Técnica: “Fale, faça, estimule”. 
          Faça esse exercício na sua empresa:
  1. Reúna sua equipe.
  2. Determine ou estabeleça com o grupo um objetivo.
  3. Peça para que analisem quanto à sua viabilidade.
  4. Quais as estratégias que podem ser criadas?
  5. Quais as etapas?
  6. Quais as áreas envolvidas?
  7. Quem será o responsável por cada uma dessas áreas?
  8. O que será preciso?
  9. Qual o prazo necessário?
  10. Determine o prazo final.
  11. Acompanhe o trabalho da equipe.
  12. Cobre resultados.
  13. Reavalie.
  14. Refaça e exercício para outros objetivos
           Obs. Sempre que propuser algo a sua equipe, estimule a criatividade, sempre fazendo com que o grupo traga pontos convergentes e divergentes às idéias estabelecidas. Você pode se utilizar desta técnica para soluções criativas de problemas, etc. O importante é que você também trabalhe em equipe, e não apenas fale sobre a sua importância.
          Participe, forneça ajuda, eleve a auto estima do grupo.

Maria Inês Felippe: Palestrante, Psicóloga, Especialista em Adm. de Recursos Humanos e Mestre em Desenvolvimento do Potencial Criativo pela Universidade de Educação de Santiago de Compostela - Espanha. Palestrante e consultora em Recursos Humanos, Desenvolvimento Gerencial e de equipes, Avaliação de Potencial e competências. Treinamentos de Criatividade e Inovação nos Negócios. Palestrante em Congressos Nacionais e Internacionais de Criatividade e Inovação e Comportamento Humano nas empresas. Vice Presidente de Criatividade e Inovação da APARH. 

domingo, 29 de agosto de 2010

EXISTE MELHOR NEGÓCIO DO MUNDO?

Por Prof.Erickson Ribeiro
  
Hoje em dia, devido às crises e a constante busca do povo em aumentar a renda, tem havido um fenômeno da multiplicação de empresas com o sistema multinivel, e muitas dessas trabalham no âmbito virtual, o que tem gerado preocupação entre os profissionais multinivel sérios e comprometidos com seus downlines, pois muitas, se não a maioria dessas “empresas” não passam de verdadeiras pirâmides, estelionatos virtuais, pois ainda hoje em nossos dias, a internet ainda é terra sem lei, levando muitos incautos, a cair nessa contravenção.
Poderíamos citar aqui o nome de várias empresas que já tiveram seus nomes estampados em páginas policiais acusadas de crimes de estelionato, mas estaria sendo antiético, pois até que esses processos sejam julgados,  as ditas "empresas" não podem ser oficialmente condenadas, mas somente por estarem fora da conformidade da lei, já mostra o grau de seriedade das mesmas.
Outro lado da moeda são os negócios em multinivel mais tradicionais, pessoa a pessoa, com produtos. Temos muitas empresas também surgindo aos rodos em nosso país.
O que tem causado certo desconforto entre profissionais de empresas concorrentes, é o fato de muitas se auto-intitularem “A MAIOR OPORTUNIDADE DO MUNDO”, ou mesmo "A MELHOR DO BRASIL", "A MELHOR DO MUNDO", etc..  Estas afirmações mais parecem coisas de seitas religiosas que pregam que a salvação só existe se o indivíduo fizer parte delas, e se você está em outra, “está condenado ao inferno”. Será que esse modo de pensar e agir é benéfico ou prejudicial para o próprio profissional?  Se você for convidado para assistir a apresentação de outra empresa, ou mesmo conversar com outro profissional que queira mostrar o plano de outra empresa, você fugirá como o “Diabo foge da cruz?” ou usará esse encontro para conhecer um concorrente e até mesmo ter a oportunidade de mostrar o seu plano ou mesmo de ter informações para exaltar o seu negócio e mostrar as vantagens dele?
Vejo esse fanatismo como algo altamente maléfico aos profissionais sérios e equilibrados, pois não existe melhor negócio do mundo, existe o melhor negócio para mim naquele momento. Generalizar e colocar todos os concorrentes na inquisição do multinivel não irá somente ser prejudicial a você, mas ao multinivel como um todo.
Eu mesmo já passei desta faze, e aprendi com meus erros, pois a vida é um constante aprendizado, o que é certeza hoje, talvez não seja amanha, mas isso significa enterrar o sonho? Jamais, significa trocar apenas de veículo para chegar mais rápido ou mesmo com mecânicos mais experientes, com uma equipe com melhor infra-estrutura. 
Reconhecer erros também faz de um caráter íntegro do ser humano, pois não podemos confundir determinação com teimosia.  Por várias vezes cometi erros e isso é salutar, quando podemos tirar lições proveitosas dos erros para evitá-los das próximas vezes.  Vi nesta vida profissional até mesmo diamantes de uma empresa, começar do zero em outra, e em pouquíssimo tempo estar galgando posições de destaque na nova empresa, por quê? Porque o mesmo não mais se identificava com aquele negócio. Estou dizendo que ele está certo ou errado? Não! Estou afirmando que devemos fazer algo quando nos identificamos, quando gostamos e quando aquilo nos faz bem, caso contrário, algo de muito errado irá acontecer na sua vida profissional.
No Brasil temos várias empresas sérias e competentes, mas claro, com características e formas de desenvolvimento diferentes, qual será melhor para você? Você é que decide.
Talvez você não se identifique com perfumes ou cosméticos, mas se identifica com produtos dietéticos, ou mesmo ache bem mais vendável os produtos de limpeza altamente econômicos, ou mesmo se identifique com todos e queira uma empresa que possua toda essa variedade, ótimo!!!
Mas quem vai decidir o que é melhor naquele momento é você, e após avaliar e investigar bem, pois outra questão importante é a pessoa descartar oportunidades sem sequer conhecer ou se informar, afinal, ninguém se casa no primeiro encontro, você conhecerá primeiro, experimentará (namoro) para depois tomar alguma decisão mais séria. Ou seja, conheça, use os produtos, para depois decidir se tem interesse em selar esse casamento ou não.
Bruno Coelho escreveu muito acertadamente que não importa qual o tipo da empresa que você estiver envolvido, o produto ou o serviço que ela comercializa. Existe um elemento que será sempre o mesmo independentemente da sua empresa oferecer suplementos nutricionais, cosméticos ou serviços. A sua empresa pode ter recebido o prêmio de melhor produto do ano, obter recordes de faturamento, abrir novos mercados a cada dois meses, porém se este elemento não estiver ajustado da maneira correta você não conseguirá obter sucesso. Este elemento tão importante, único e onipresente em todas as oportunidades de multinível é o próprio profissional... VOCÊ!

O profissional deve entender que o principal investimento que ele deve fazer é em si mesmo, pois fazendo isso ele será capaz de agregar valor as outras pessoas, oferecer algo que seja realmente útil e que atenda a alguma necessidade não atendida. 
E é justamente neste ponto que a indústria do marketing multinível se destaca, pois ela enfatiza e apóia o desenvolvimento pessoal. Mas alguns distribuidores não entendem a importância desta variável, e acabam manchando a sua própria imagem, e diminuindo o seu próprio valor. 




PROFESSOR ERICKSON RIBEIRO
83 8813 8532 begin_of_the_skype_highlighting              83 8813 8532      end_of_the_skype_highlighting (oi)
         83 9937 5958 (claro)

Empresário Amway 3109207007
Graduado em Letras-UFPB
Pos-Graduando em Mídias na Educação
Professor de Lingua Inglesa
Professor de Português Técnico
Treinador Motivacional
Coach

ENTUSIASMO +PERSISTÊNCIA + FÉ = SUCESSO




Por Wagner Travassos

ENTUSIASMO
Somos feitos mais de emoção do que de razão. O entusiasmo é a ferramenta que move essa emoção, esse sentimento, essa energia interior. Ele nos move rumo àquilo que nos toca, nos emociona.
O entusiasmo dá um toque especial a tudo o que realizamos na vida. Sem ele tudo fica insosso, insípido, sem graça e sem cor.  Ele é aquele tempero secreto que toda mãe usa na comida, que
quando fazemos aquela receita que ela faz, nunca fica com o mesmo sabor. Ele dá um toque diferente às nossas ações, e as pessoas vêem isso nos nossos olhos. Não há como mentir.
Podemos mentir com nossas palavras. Mas o entusiasmo não é simulável. Ou se está entusiasmado ou não. Quando os outros percebem que estamos simulando, tentando parecer entusiasmados, eles resistirão a nós. Deixarão aquela decisão de assinar o contrato para depois, ou amanhã, ou quem sabe na próxima réunião, ou quem sabe nunca. Temos que crer que estamos na melhor proposta de marketing do mercado e transparecer isso em nossos olhos sem
precisar dizer uma única palavra. Entusiasmo transborda através dos nossos olhos, na maneira como nos movemos, como nos comportarmos, como agimos. Isso deve ser intrínseco, vir de dentro de você, sem fazer força, sem simular, sem fingir. Deve ser inerente a você. Quando estivermos apresentando a oportunidade a um candidato o entusiasmo deve fluir como o suor flui quando corremos. Não dá pra correr sem suar. Mas infelizmente podemos apresentar um plano sem entusiasmo. Uma apresentação sem entusiasmo é como uma criança sem alegria. Falta alguma coisa!      Temos que tocar o sentimento das pessoas. Mostrar as razões intelectuais
para se fazer o negócio de forma emocional. Não estou falando em chorar durante a  apresentação mostrando o quanto você está comovido por desenvolver um negócio como esse. Estou dizendo para falar com entusiasmo, convicção e fé. Não só no multinível, mas também em nossas vidas o entusiasmo nos cativa, chama a nossa atenção. Eu ainda hoje me emociono
quando assisto as Paraolimpíadas. Aqueles atletas possuem algo que alguns de nós não tem: uma vontade férrea, uma persistência acima da média, uma convicção de que eles podem ser o
que quiserem apesar das limitações físicas e em alguns casos mentais. Certa vez apresentei um seminário em uma empresa de multinível que fiz parte e utilizei o exemplo desses seres humanos fantásticos no final da palestra. Também passei um trecho de um filme que lhe aconselho assistir: Homens de Honra. Era visível a comoção dos presentes, ao ver aquelas pessoas cheias de limitações realizarem tanto.    
O entusiasmo pela vida, por nossa empresa, por nossa família, pelas nossas metas e objetivos, por tudo o que queremos realizar fará uma diferença estupenda em nossas vidas. Na minha
tem feito uma grande diferença. Quem me conhece sabe que sou entusiasmado, gosto de me entregar de verdade ao que faço, de acreditar que estou fazendo diferença em minha vida e na vida de outras pessoas. Isso o multinível me proporciona. Uma chance de fazer a diferença na vida das pessoas. Não só uma diferença financeira, mas também intelectual, emocional, física, psicológica. É muito bom ver alguém que era tímido, retraído, com o treinamento adequado, passar a apresentar uma reunião, falar em público, e o melhor, gostar disso! As mudanças são inúmeras. Na forma de pensar, na forma de encarar a vida, no nível de entusiasmo que aumenta consideravelmente. O multinível nos transforma em pessoas melhores desde que façamos a nossa lição de casa. Afinal sem trabalho não há progresso. Sem esforço não há recompensa. E sem fé não há esperança de melhora!

PERSISTÊNCIA
Associou-se a uma empresa e ainda não está tendo os resultados que deseja? Sente-se com seu patrocinador, abra seu coração. Crie um plano de ação maciça que exija energia e trabalho de sua parte. Nada resiste ao trabalho! Trabalhe com a cabeça, com bom senso, com inteligência, que os resultados virão. Se você escolheu a empresa e o patrocinador certo para você o sucesso virá, mais cedo ou mais tarde, virá.
A freqüência às reuniões e aos treinamentos irá fazer por você algo que nenhum patrocinador poderá fazer, abrirá sua mente para o plano de negócios de sua empresa e o fará conhece-lo profundamente. Sem esse conhecimento agudo você não irá muito longe. As pessoas não dão credibilidade a quem não sabe do que está falando. Aprenda cada dia mais sobre a empresa que você escolheu, persista, insista e busque novas informações, conhecimentos e atitudes que lhe ajudarão a chegar aonde você deseja. Não sabe utilizar uma calculadora financeira? Não hesite, compre um livro, seja autodidata, faça um curso, treine, encontre uma formar de fazer, persista! Mantenha o foco e acredite que você irá conseguir. Só essa crença já fará muito pela sua atitude diante dos problemas que surgirão.

Mas o que é fé afinal de contas? Você sabe do que estou falando.
E não é a fé religiosa a que estou me referindo. Mas aí você pode dizer, não tem como separar uma da outra. Fé é fé!  Bem, fé é a expectativa daquilo que ainda não se vê. Fé é esperança ativa de que o que nós desejamos irá acontecer. A melhor definição de fé que conheço é realmente bíblica. Mas ela se estende
além de nossa esperança em Cristo.
Essa fé deve ser ativa e aplicada em cada área de nossa vida. A fé nos faz trabalhar melhor, realizar mais, sermos mais éticos,  responsáveis e serenos. Li uma definição não sei onde que diz que devemos fazer tudo como se o resultado dependesse apenas de nós e esperar como se tudo dependesse do nosso Pai Eterno.
Confesso que ainda lembro por que é exatamente o que tento fazer  em meu dia-a-dia, aplicar esse conceito simples, mas que surte um grande efeito nas atividades diárias.
A fé nos faz encarar os reveses da vida como obstáculos temporários à realização de nossos objetivos e metas mais ousadas.  A fé nos capacita a aceitar o que não podemos mudar e mudar o que está ao nosso alcance. Ela nos torna conscientes de tudo o que podemos realizar, bastando acreditar.
A fé irá nos ajudar a estabelecer contato com nosso Pai Eterno através da oração. Sim, da oração. Conversar com nosso Pai Eterno confortará nosso coração nos momentos de dúvida e trará alegria nos momentos de gratidão por tudo alcançado através de nosso esforço e Sua ajuda. Acredito que esse é o segredo, esforço, trabalho, determinação, dedicação. Devemos fazer tudo o que pudermos fazer e deixar o restante a cargo do Senhor, que Ele fará a parte Dele, se formos merecedores, é claro.
Mas por que fé é tão importante? É através dela que você manterá a visão de onde deseja chegar, do que deseja ser e ter, e de quem deseja ajudar. E essa visão lhe levará longe, se você for fiel a ela. Acalentando-a diariamente, regando-a como uma semente em seu coração e em sua mente, tendo fé de que ela irá germinar e lhe trazer muitas alegrias.
Mantenha viva a fé de que você atingirá o topo. Acredite em sua empresa, acredite no plano de sua empresa, no produto ou serviço que você representa. Acredite nas pessoas, no ser humano, e, principalmente, em você mesmo!

Extraído do Livro
Fundamentos A Base do Marketing Multinivel
De Wagner Travassos
Empresário Amway

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

É possível vencer sem ter que derrotar ninguém?



A Sociedade Global já é uma coisa concreta. Hoje, é possível entrar em contato com diversas partes do planeta em segundos. A revolução tecnológica caminha a passos largos, facilitando cada vez mais a superação dos obstáculos para a solidificação de tal sociedade. Muitos dos profissionais e têm se beneficiado dessa realidade. Porém, no campo da ética, para se ter uma sociedade global onde qualquer cidadão tenha orgulho de viver, ainda estamos muito atrasados. Diversos valores devem ser questionados, entre eles, o significado da palavra vencedor. Não há nada de ruim em ser um vencedor. Principalmente quando se trata de vencermos as adversidades, tais como: a doença, a miséria, as desigualdades sociais, o preconceito e a discriminação, etc. Enfim, vencer tudo isso é muito bom e faz a humanidade evoluir. A explicação do porquê as aves voam em formação em “V”, quando estão migrando, é um dos mais belos exemplos de como podemos vencer dignamente. O problema é que, cada vez mais, se propaga pelo mundo a valorização de outro tipo de vencedor, que é aquele que derrota o outro. Lembro-me de ter assistido uma vez um lindo filme onde um menino, portador da Síndrome de Down, estava em uma paraolimpíada e, justamente quando ele disputava uma corrida e estava em primeiro lugar, um dos competidores tropeçou e caiu. Então, nosso amiguinho imediatamente parou e foi ajudar seu coleguinha. O fato foi aplaudido no mundo inteiro e virou até filme. Agora eu pergunto: em uma “olimpíada normal”, onde os países se “mordem” para ganhar o ouro e exigem esforços sobre-humanos de seus atletas, será que uma pessoa que estivesse em primeiro lugar, prestes a alcançar o ouro olímpico, pararia para ajudar o outro? Mesmo que tivesse alguém com esse espírito de solidariedade, será que os dirigentes e políticos de seu país iriam aplaudi-lo? Ou iriam dizer: “Idiota, você estava em primeiro lugar, prestes a trazer o ouro olímpico para seu país. Você não sabe que existem médicos de plantão ali? Por que você tinha que fazer isso? Você não pensou em seu país?” Talvez, algumas pessoas o aclamariam como herói, mas a maioria o chamaria de burro, porque o mais importante, é o “Culto ao Vencedor”. Tanto que, o que conta ali é o número de medalhas que cada país conquistou. É interessante observar que, como é muito difícil vencer a todos (e o ser humano tem sede de vencer), além de existirem aqueles que não aceitam sequer ficar em 2º lugar, existem também aqueles que, para diminuírem as suas frustrações (e esses são a grande maioria), estão sempre, de forma camuflada ou não, procurando uma oportunidade para derrotar alguém. Ou seja, estão sempre competindo. Cada vez mais, a maioria das pessoas procura humilhar, subjugar ou mesmo “tirar um sarrinho” do outro, ao invés de procurar construir uma vida melhor para todos. Muitas vezes, podemos notar claramente que os problemas não estão no fato de sermos de religiões, partidos políticos, torcidas e, inclusive, EMPRESAS DIFERENTES, pois quando queremos criticar o outro, acabamos sempre encontrando um motivo para apontar as falhas. Ou seja, dizemos: “Somos do mesmo time, ou empresa, ou religião, mas ele atua errado!”. Nós, profissionais de Marketing de Relacionamento, temos a chance de levar o exemplo de vencer em grupo, a milhões de pessoas. Vamos aproveitar ao máximo essa chance e evitar que essa forma de “vencer o outro”, se torne um estilo de vida duplicado em nossas organizações e no trabalho secular. Está em risco a própria sobrevivência da humanidade. Portanto, é necessário que se criem formas de exaltarmos a maneira mais justa de sermos vencedores que é: ao invés de tentarmos ser melhores que os outros, é melhor procurarmos formas para que todos possamos melhorar a nós mesmos. Mais importante do que exaltarmos o “número um” , “o melhor negócio”, “o que paga mais” “o campeão”, é necessário criarmos formas de valorizar cada vez mais os padrões de “sucesso coletivo” e exaltarmos todos que estão comprometidos com esses padrões.

Fonte José Carlos Ramosem
Adaptado pelo Prof.Erickson Ribeiro

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

A menina e o mar

 
Conta uma lenda que, muito antigamente, no tempo quando nem existia televisão ainda. Quando viajar era de trem e para poucos, e a vida era ganha com muita dificuldade. Era um tempo onde as crianças brincavam de jogar bola de gude nas calçadas de barro, empinar pipa e pique-pega. A vida passava tão lentamente que crescer durava uma eternidade. Telefone e farmácia se escrevia com "ph" e para ligar para uma pessoa, em outra cidade, era preciso pedir à telefonista, que se conhecia pelo nome, para completar a chamada.
Havia uma pequena menina que morava no interior, numa cidadezinha cujo nome, até hoje, nem consta nos mapas. Um lugar no meio do nada, longe de tudo, na verdade, chamar de "cidade" poderia ser considerado um exagero. Estava mais para um pedaço de estrada, com um pequeno conglomerado de casas humildes que eram utilizadas como armazéns, bares e uma pequena pousada para quem passava por ali de viagem. Mas tudo bem. Deixa como está! Vamos chamar de cidade assim mesmo.
Esta menina observava os viajantes chegarem à sua casa e falar sobre os lugares por onde passavam, contavam histórias da cidade grande, mas havia algo que sempre a deixou intrigada. Eles falavam de uma coisa chamada "mar". Para uma menina acostumada com a poeira da estrada de chão e a sequidão do sertão, onde água, quando tinha, só na torneira ou na bica. Tentar conceber a imagem de um lugar cheio de água que cobria todo o horizonte, até onde os olhos podiam alcançar, era um misto de curiosidade, incredulidade e temor.
Aos poucos, dentro daquele pequeno universo, a pequena menina foi crescendo. Um dia brincar de boneca já não era tão interessante e a vida naquele bucólico vilarejo ficava chata demais com o passar dos dias. Seu único desejo era poder sair daquele lugar para conhecer o tal do mar. Ela sempre ouviu falar sobre o barulho que ele fazia quando quebrava suas ondas nas rochas, de como conseguia engolir embarcações gigantescas e até mesmo o sol todos os dias. Ela ouvia histórias dos tesouros que o mar escondia e dos peixes que poderiam ser maiores do que a sua própria casa. A menina ficava curiosa, tentando imaginar como as pessoas conseguiam atravessar de um país para outro através das suas águas. Era uma imagem grande demais para sua pequena mente alcançar, mas mesmo assim ela se apaixonava cada vez mais por aquele sentimento. Chegava até sonhar com o que poderia ser o mar ou, pelo menos, com o que ela achava que seria o mar.
Seu aniversário de 15 anos se aproximava e ela pediu ao pai para não fazer festa. Queria uma viagem de presente. Naquela época, uma moça fazer 15 anos, era um acontecimento com porte de desfile de feriado nacional com honras militares. Mas ela estava disposta a abrir mão daquele momento tão esperado por sua família, para realizar o grande sonho de sua vida. Conhecer o mar.
O pai não teve outra escolha, a não ser cumprir o desejo da filha. Afinal eles nunca haviam viajado para tão longe juntos, e era justo realizar o único pedido da pequena filha que estava virando moça.
Viagem preparada, passagens compradas no guichê da estação de trem. Teve até bandinha para se despedir da menina no dia do seu aniversário. Era uma longa jornada até chegar no litoral, mas a menina nem prestava atenção nas paisagens que iam aparecendo na janela do trem.
— Pai, você já viu o mar?
Perguntava a menina, tentado tirar o máximo de informações do pai para construir sua própria imagem do mar. E ele tentava descrever como podia, hora rindo, hora impaciente com a quantidade de perguntas sobre o mar.
A viagem levaria uns dois dias, mas ela não se importava, valia o sacrifício para ter o sonho realizado.
Chegando o grande dia, já estavam se aproximando do litoral. A menina eufórica nem quis passar no hotel, foi primeiro para a praia. A primeira lágrima escorreu dos olhos dela. Era lindo o que via, nada do que ela imaginou era tão grande e estonteante como o que ela estava vendo e presenciando naquele momento.
— Pai, eu posso chegar perto dele?
Perguntou a menina, ao pai, sem conseguir segurar as lágrimas misturadas com o sorriso mais radiante que ele já tinha visto nela. Antes que ele respondesse, ela já corria pela areia da praia tirando os sapatos.
Ela só queria chegar perto o suficiente para descobrir se a água era tão salgada e gelada quanto falavam. Ela já começava a sentir a areia molhada na sola dos pés e de repente, a euforia se misturou com um medo que ela nunca havia sentido antes. Todas as histórias que ela já tinha ouvido sobre o mar, até então, começaram a vir à sua mente ao mesmo tempo. A violência do barulho das ondas quebrando na areia a segurou por um momento até que, calmamente, a sobra de água de uma onda avançou pela areia e cobriu seus pés lentamente. Ela levou um susto, quis fugir, mas aqueles poucos segundos se eternizaram e a paralisaram enquanto a água escorria novamente para o mar fazendo cócegas na sola dos pés da menina.
O medo aos poucos se transformou em confiança e a menina tentou chegar mais perto do mar e o mar também se aproximava dela com ondas cada vez mais fortes. Ela teria que escolher entre não provar o mar ou molhar o único vestido que tinha ganho de aniversário. Até que, sem esperar, de repente, uma grande onda a cobriu e a molhou por completo. Pronto, já não havia mais o que escolher, a surpresa da onda a fez se entregar por definitivo àquela nova experiência.
A menina finalmente encontrou o mar e o mar a encontrou também.

Em nossas vidas também é assim: Nos relacionamos com Deus da mesma forma que esta menina se relacionava com o mar. Vivemos na sequidão e expectativa de encontrar um Deus que, às vezes, só conhecemos de ouvir falar. Ouvimos o testemunho de terceiros sobre suas experiências com a regeneração, cura e perdão experimentados em Deus. Nada do que imaginamos pode chegar perto do que Ele realmente é e significa mas, muitas vezes, quando temos a oportunidade de prová-lo e conhecê-lo de fato, temos medo de molhar nossa aparência. Perdemos, então, a oportunidade de vivenciar este poder de Deus em nossas vidas. Para experimentá-Lo precisamos nos envolver profundamente.
Conhecer Deus por inteiro é a maior experiência que alguém pode desejar  alcançar em toda a sua vida. E  esta procura, para Deus, é o que importa realmente.  O desejo e a vontade de buscar a comunhão com Ele, -e não falo de mera religiosidade,  pois nenhum oceano consegue ser maior ou mais profundo que o amor e perdão por intermédio dEle que encontrados para cada um de nós e dentro de nós.
Buscá-lo, pode ser uma longa jornada, e como disse , podemos nunca chegar ao fim desta caminhada, pois ao tentar encontrar Deus, ao mesmo tempo somos achados por Ele e terminamos por encontrar também o verdadeiro EU. 

Paz, vida longa e próspera.

Texto de Pablo Massolar
Adaptado por Prof.Erickson Ribeiro

terça-feira, 24 de agosto de 2010

NOVAS CÉDULAS DE REAL

O Banco Central (BC) lançou as novas cédulas de real. As notas reformuladas de R$ 50 e R$ 100 começam a circular ainda no primeiro semestre deste ano, segundo informou o Banco Central. As notas de menor valor - de R$ 2, R$ 5, R$ 10 e R$ 20 - serão trocadas gradualmente até 2012. Essa é a segunda série de notas de real lançada pelo governo. A primeira foi em 1994.
Entre as novidades, as novas cédulas conterão itens de segurança mais sofisticados e layout mais atraente, com destaque para as de R$ 50 e de R$ 100, que terão as atuais figuras de animais na horizontal e em imagem tridimensional. Além disso, as notas passam a ter tamanhos diferentes de acordo com o valor, assim como ocorre com o euro. Dessa forma, a nota de R$ 2 será a menor, e a de R$ 100, a maior.








 
$uce$$o$ !!

domingo, 22 de agosto de 2010

RECEITA DA DONA CACILDA

[AUTOR DESCONHECIDO] 
 
 
 
Dona Cacilda é uma senhora de 92 anos, miúda, e tão elegante, que todo o dia às 8 da manhã ela já está toda vestida, bem penteada e discretamente maquiada, apesar de sua pouca visão.
 
E hoje ela se mudou para uma casa de repouso: o marido, com quem ela viveu 70 anos, morreu recentemente, e não havia outra solução.
 
Depois de esperar pacientemente por duas horas na sala de visitas, ela ainda deu um lindo sorriso quando a atendente veio dizer que seu quarto estava pronto.
 
Enquanto ela manobrava o andador em direção ao elevador, eu dei uma descrição do seu minúsculo quartinho, inclusive das cortinas de chintz florido que enfeitavam a janela.
 
Ela me interrompeu com o entusiasmo de uma garotinha que acabou de ganhar um filhote de cachorrinho.
 
- Ah, eu adoro essas cortinas...
 
- Dona Cacilda, a senhora ainda nem viu seu quarto... espera mais um pouco...
 
- Isso não tem nada a ver, ela respondeu.
 
Felicidade é algo que você decide por princípio.
 
Se eu vou gostar ou não do meu quarto, não depende de como a mobília vai estar arrumada... vai depender de como eu preparo minha expectativa.
 
E eu já decidi que vou adorar.
 
É uma decisão que tomo todo dia quando acordo.
 
Sabe, eu posso passar o dia inteiro na cama, contando as dificuldades que tenho em certas partes do meu corpo que não funcionam bem... ou posso levantar da cama agradecendo pelas outras partes que ainda me obedecem.
 
Simples assim?... Nem tanto; isso é para quem tem auto-controle e exigiu de mim um certo "treino" pelos anos a fora, mas é bom saber que ainda posso dirigir meus pensamentos e escolher, em consequência, os sentimentos.
 
Calmamente ela continuou:
 
- Cada dia é um presente, e enquanto meus olhos se abrirem, vou focalizar o novo dia, mas também as lembranças alegres que eu guardei para esta época da vida.
 
A velhice é como uma conta bancária: você só retira aquilo que guardou.
 
Então, meu conselho para você é depositar um monte de alegrias e felicidades na sua Conta de Lembranças.
 
E aliás, obrigada por este seu depósito no meu Banco de Lembranças.
 
Como você vê, eu ainda continuo depositando e acredito que, por mais complexa que seja a vida, sábio é  quem a simplifica".
 
Depois me pediu para anotar:
 
*Receita da Da. Cacilda para se manter jovem:
 
1. Jogue fora todos os números não essenciais para sua sobrevivência.
Isso inclui idade, peso e altura.
Deixe o médico se preocupar com eles.
Para isso ele é pago.
 
2. Freqüente, de preferência, seus amigos alegres.
Os "baixo-astral" puxam você para baixo.
 
3. Continue aprendendo.
Aprenda mais sobre computador, artesanato, jardinagem, qualquer coisa.
Não deixe seu cérebro desocupado.
Uma mente sem uso é a oficina do diabo.
 
4. Curta coisas simples.
 
5. Ria sempre, muito e alto.
Ria até perder o fôlego; ria para você mesmo no espelho, ao acordar e que o sorriso seja sua última 'atitude' antes de dormir.
 
6. Lágrimas acontecem.
Agüente, sofra e siga em frente.
A única pessoa que acompanha você a vida toda é VOCÊ mesmo.
Esteja VIVO enquanto você viver e seja uma boa companhia para si mesmo.
 
7. Esteja sempre rodeado daquilo que você gosta: pode ser família, animais, lembranças, música, plantas, um hobby, o que for.
Seu lar é o seu refúgio, sua mente seu paraíso.
 
8. Aproveite sua saúde.
Se for boa, preserve-a.
Se está instável, melhore-a da maneira mais simples: caminhe, sorria, beba água, ore, veja comédias, leia piadas ou histórias de aventuras, romances e comédias.
Se está abaixo desse nível e não consegue fazer nada por si mesmo, peça ajuda.
 
9. Não faça viagens de remorsos.
Viaje para o shopping, para cidade vizinha, para um país estrangeiro, pega carona num! a calda de cometa, imagine os mais diversos objetos formados pelas nuvens no céu, mas evite as viagens ao passado, pois você pode ficar retido na estação errada.
Escolha as lembranças que quer ter; não se deixe dominar por elas ou perderá o direito à escolha.
 
10. Diga a quem você ama, que você realmente o ama, e diga isso em todas as oportunidades, através do olhar, do toque, das palavras, das ações diárias e do carinho.
Seja feliz com seu próprio sentimento e não exija retribuição; você terá, de graça, o que o outro sentir; nada mais, nada menos.
 
E LEMBRE-SE SEMPRE QUE:
A vida não é medida pelo número de vezes que você respirou, mas pelos momentos em que você perdeu o fôlego...de tanto amor... de tanto rir ...  de surpresa, de êxtase, de felicidade...

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

A INSEGURANÇA EM NOSSA VIDA

Texto Original de Ingrid Monica Friedrich - Friedrichim@terra.com.br
modificado por Alessandro Félix - alessandrofelix@bol.com.br
O efeito da insegurança em nossa vida


Fomos treinados a vida toda a assumir posturas de demonstrar segurança perante o mundo, como forma de vencer-lo, de sociabilizar, ouvindo ditados como:

O mundo é dos fortes, do mais capaz, o Rico é infeliz... a seleção natural destrói os mais fracos, menos aptos, e assumimos como uma verdade que é do mundo selvagem, animal e instintiva, gerando uma estrutura de crenças interna, um personagem que é seguro em tudo.

Porém, só podemos ser seguros naquilo que dominamos completamente, é a rotina, o controle que gera conforto, confiança em si, somos ensinados a fazermos o mesmo que nossos pais e o que a sociedade impõe.

Mas para evoluirmos é preciso sair da zona de conforto e ir buscar o novo.

Nem nos apercebemos nas pequenas coisas o novo estamos diariamente inúmeras vezes, seja na visita de um amigo (nos detalhes), num caminho diferente, até mesmo no sabor do café, em quem encontramos na rua, frases ouvidas, que dão um toque na cuca...

Vivemos no novo. E é o novo que gera insegurança. E a insegurança se torna nosso modo de estar, mesmo que inconscientemente. Por isso temos medo de mudar, de buscarmos algo novo em nossas vidas.

Mas somos craques em enfrentar o novo e com muito êxito. As crises de insegurança dos momentos da vida desde que nascemos até  a maturidade, as decepções amorosas etc., e vencemos naturalmente... E percebamos que o Novo é nossa Natureza....e com ele a emoção chamada de insegurança.

 
No conceito da medicina oriental, existe um órgão onde a insegurança se manifesta.

Ele tem a forma e ação das raízes de uma arvore... e ele é a nossa raiz de vida, é o rim que recebe a paternidade de todas as emoções- a insegurança, a ansiedade de tudo que não temos controle, domínio, conhecimento pleno, do que não estamos realmente seguros, confiantes.

O amor e o ódio, opostos, geram ansiedade, assim como a alegria e a tristeza, medo e coragem, tudo que emoção gera insegurança.

E é nosso rim o órgão de impacto, nosso filtro não só de toxinas físicas, emocionais e astrais...

Para poupá-lo devemos diminuir nossas inseguranças, aprender a reduzir nossa ansiedade, o que só é possível se aprendermos a aceitar o novo como nosso caminho, temos que procurar a felicidade naturalmente assim como aceitamos as mudanças e como enfrentamos o novo em nossas vidas.

Insegurança é Natural. Faz parte de nossa consciência enquanto em matéria, porém se reduzirmos nossas expectativas, o treinamento induzido, que temos que ser fortes, perfeitos em tudo que fazemos, atendendo as expectativas da sociedade, do outro, relevando as próprias, vivendo dando mais valor, respeito, consideração, amor ao outro que a nos próprios e trocarmos, como diz uma amiga, colocando o crachá de Ser Humano em treinamento, em aprendizado, e que estamos aqui para experenciar e que faz parte erras, falhar, tentar de novo, mudar, trocar de opiniões, de crenças, até de valores, não temos que ser fieis a ninguém nem a nada, a não ser com a nossa própria essência, retirarmos a mascara construída pretensiosamente do herói, do exemplo, do perfeito, e aceitarmos que viver é natural e a insegurança, o não saber como controlar o novo faz parte do jogo, que não precisamos estar sempre certos, congelados em uma única forma de verdade, gerando por nós mesmos, aceitação, respeito, tolerância, compaixão, e sempre nos acolhermos quando o resultado foi falho, nós reconhecermos quando mandamos bem em algo, reforçando nossa confiança de lidar com o novo, nossa ansiedade, expectativas, ilusões diminuem, e a insegurança deixa de existir 24 horas por dia judiando de nossos rins.

E o rim agradece... e ele trabalhando mais suavemente, irá limpar melhor o fígado, e suas magoas e pulmão das cicatrizes emocionais, o coração bate mais compassado, se descontraindo, pois o rim não aciona mais as glândulas geradoras de adrenalina, nos preparando para a reação de fuga - confronto.

Faça da insegurança uma ferramenta de confrontamento pessoal e procure sua felicidade nos momentos difíceis da vida.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

TRABALHO OU EMPREGO ? SAIA DA POLTRONA

 Por Erickson Ribeiro

 

 

Muitas pessoas nos dias atuais reclamam da falta de oportunidade, da falta de emprego. Na realidade isso não é bem verdade, pois mesmo em uma época de crises e de grande concorrencia, se analisarmos friamente, existem várias oportunidades profissionais no mercado. O que devemos analisar é a diferença entre trabalho e emprego.
O emprego de carteira assinada realmente em muitos casos está difícil, e como agir neste caso ? Bem, procurando oportunidades de ganhar dinheiro, pois muitas pessoas sonham em ter um negócio próprio, mas esbarram em altos investimentos e na falta de qualificação ou de experiencia na nova área que pretende ingressar.
Se voce está sem alternativas fique atento a essa "nova" opção que vem crescendo muito nos ultimos anos e hoje cresce mais que o PIB do nosso país.

AS VENDAS DIRETAS

E o que é Venda Direta de acordo com a ABEVD (Associação de Empress de Vendas Diretas) "A venda direta é um sistema de comercialização de bens de consumo e serviços diferenciado, baseado no contato pessoal, entre vendedores e compradores, fora de um estabelecimento comercial fixo. Hoje atinge dimensões globais. Praticada sob formas distintas - pessoa a pessoa, "Party Plan", catálogos - presente em todo o mundo e envolvendo os mais diversos setores da economia - de produtos de limpeza a automóveis -, a Venda Direta se destaca, entre outros fatores, por sua capilaridade e capacidade de expandir-se geograficamente. Segundo a WFDSA (World Federation of Direct Selling Associations), que representa as maiores empresas mundiais do segmento através de suas associações nacionais, o volume de negócios de venda direta no mundo foi de US$ 115 bilhões em 2007 e envolve 62,9 milhões de vendedores em 57 países. No Brasil, 2 milhões de vendedores diretos movimentaram R$ 18,5 bilhões em 2008, colocando o país na terceira posição mundial." (Fonte www.abevd.org.br)

Dados da Federação Mundial das Associações de Vendas Diretas(WFDSA) mostram que em 2004 o setor de vendas diretas reuniu uma força de vendas superior a 54,8 milhões de pessoas em todo o mundo, que movimentaram US$ 97,4 bilhões em vendas. Os números no Brasil são igualmente pujantes: enquanto o crescimento do emprego formal se limita ano após ano, a venda direta oferece oportunidade de ganhos financeiros para 1,5 milhão de pessoas, que movimentaram R$ 5,5 bilhões apenas nos seis primeiros meses deste ano – valor 22% superior quando comparado ao mesmo período de 2004.

De acordo com o jornal da Folha Online "o mercado brasileiro de vendas diretas movimentou R$ 5,79 bilhões no terceiro trimestre, com alta de 17,8% sobre igual período do ano anterior. Descontada a inflação nesse intervalo, o crescimento chegou a 13,5%, segundo dados divulgados pela Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas nesta quarta-feira.
No período de julho a setembro, o setor contava com 2,378 milhões de revendedores, 19,2% a mais do que um ano antes e um dos motivos do crescimento no terceiro trimestre."

Portanto, se voce ainda não pensava neste segmento, pare e reflita que se voce realmente deseja se movimentar profissionalmente e ter reais oportunidades de ter seu negócio próprio, voce deve ser o agente principal desse passo, sem esperar por ninguém.

E qual mercado deveria investir meu tempo e esforços ? Bem, nos dias de hoje um dos mercados que mais cresce no Brasil e no mundo é o de cosméticos ; o segundo maior comprador de perfumes do planeta é o nosso Brasil. De acordo com a revista Época a indústria de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos cresce 18% no 1° semestre, com bom desempenho nos primeiros seis meses, previsão de crescimento para 2009 passa de 5% para 11%.

O brasileiro continua vaidoso como nunca e as vendas de batom, maquiagem, xampu, entre outros artigos subiram 18% na comparação com o primeiro semestre do ano passado. Os dados são da Abihpec, associação que reúne as empresas do setor.

Por conta desse resultado, a entidade está revendo a estimativa de crescimento para 11%, o que representa um faturamento de R$ 24 bilhões. No final do ano passado, a entidade apostava num aumento de 5%. Se alcançar o novo índice, 2009 somará um faturamento de R$ 21,7 bilhões.

A ligação dos cosméticos com a imagem pessoal e investimentos em desenvolvimento de produtos e em marketing pelas indústrias são as principais razões para o crescimento do setor, segundo a entidade.

Voce muitas veses pode afirmar:
"Não conheço nada desse setor!" ou mesmo "Não gosto de vendas".

Mas pergunto com toda franquesa: Voce gosta de ficar sem dinheiro ? ou: Voce nasceu sabendo de tudo ? Na realidade quem impõe os limites somos nós mesmos com nossos medos e inseguranças e até mesmo com nossa preguiça de emfretar novos desafios e novas oportundades nos agarrando a velho espírito de empregado, que acha melhor receber ordems de pessoas que em muitos casos te humilham e massacram em troca de um salário de fome e de 48 horas semanais, que no final da vida te darão uma aposentadoria com salário mínimo.

Saia da poltrona, encare o trabalho, pois isso temos de sobra, agora emprego, INSS, patrões que humilham. É isso que voce quer? Ou voce quer mais? 


Prof.Erickson Ribeiro

AS ESCOLHAS DE HOJE, CONSTROEM O SEU AMANHA


Por Prof.Erickson Ribeiro

Muitos vivem a reclamar de sua realidade atual, de como a vida está ruim e difícil, mas essas pessoas esquecem que a realidade de suas vidas atualmente são reflexos das atitudes, ou falta de atitudes tomadas no passado.
Isso mesmo, a situação que nós estamos vivendo hoje, é causa das ações que tomamos no passado. E como reverter esta situação atual? A chave para um futuro da forma que almejamos está em começar a criar esse futuro hoje, ou melhor, AGORA!!!

Romanos 12:2 “E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.”

Deus sabe que fomos criados a Sua imagem e semelhança e sabe que para mudarmos nossa realidade temos que primeiro mudar nossa forma de pensar já contaminada pelas negatividades desse mundo que nos rodeia, pelas pessoas ao nosso lado dizendo que “não dá”, que “não é possível”, pois muitas vezes a maior barreira é nosso pensamento negativo.
Quer mais dinheiro ? Quer que apareçam novas oportunidades na sua vida ?
Comece hoje mesmo a reparar o que não está dando certo na sua vida. Comece a analisar. Se você parou de estudar, recomece. Se não fez faculdade, faça! Nunca é tarde. Eu mesmo já disse aqui que só prestei vestibular aos 33 anos, e me formei aos 37 anos. Conheço casos de idosos que ingressam na faculdade, e porque? Porque tem um sonho e não desistem, ao contrário de muitos jovens que se conformam com sua realidade e não fazem absolutamente nada para alterar esse estado letárgico de coisas.
Se por um leve acaso, você já é formado, faça uma pós-graduação, mestrado, doutorado. Mas, você pode me dizer: “Não tenho tempo!”, o que cito a fala de uma personagem da literatura: “Quando algo é importante, fazemos o tempo!”.
Se você tivesse um problema grave de saúde, não pararia para se recuperar? Claro!!! Então, veja, você tem um problema grave, que é falta de perspectivas ou mesmo falta de dinheiro, e ele não cai do céu, então você tem de fazer algo diferente do que está fazendo hoje.
Quando investimos na educação, coisas fantásticas acontecem. Você passará a ter contato com outras pessoas com objetivo semelhantes, e com isso, novas oportunidades surgem. Esses novos amigos passarão a conhecer seu potencial e capacidades, e no futuro, quando houver uma oportunidade e eles já estiverem empregados, lembrarão de quem? Daquele amigo que está disponível. Então, se educar abre portas tanto intelectuais como nos relacionamentos.
Quer ter mais oportunidades? - Cultive amizades verdadeiras!!! Os relacionamentos são a grande arma para crescimento e para a abertura de novas oportunidades, mas cuidado, não falo de relacionamentos baseados em interesses, falo em relacionamentos sinceros e honestos. Quer ganhar R$ 5.000,00? - Passe a se acompanhar e a ter relacionamentos com pessoas que ganham essa faixa salarial, você irá adquirir hábitos das pessoas que são bem sucedidas, e com isso, (repito) se você tem as mesmas qualificações deste grupo de pessoas e tem uma amizade sincera com elas, ao surgir uma oportunidade, seu nome será lembrado.
Quer cultivar boas amizades? - Seja positivo e honesto. Não viva reclamando, “transformai-vos pela renovação da vossa mente”, mude essa cabecinha que só murmura e reclama. Ninguém gosta de estar perto de pessoas pessimistas e negativas. Parece que a pessoa tem aquela nuvenzinha escura em cima da cabeça. Esse tipo de pessoa normalmente afasta os outros. Vivemos em sociedade e nunca conheci ninguém mal humorado e carrancudo que tivesse conseguido boas oportunidades através de relacionamentos, portanto, aumente suas chances de ser bem sucedido, seja agradável sem ser falso!
E por último e mais importante. Seja persistente. O grande problema de pessoas mal sucedidas é que elas desistem fácil. Não estou aqui falando de teimosia, estou falando de DETERMINAÇÃO. Desistir do objetivo, ou até de um relacionamento ao primeiro sinal de dificuldades mostra que algo está muito errado na forma com que você conduz sua vida.
Lembre-se “OS RATOS SÃO OS PRIMEIROS A ABANDONAR O NAVIO”
Não desista dos seus objetivos por achar, ou por alguém te dizer que é impossível ou difícil. Lembre-se: A vida não é fácil, se fosse, todos seriam milionários, todos teriam vidas fantásticas, mas as pessoas que conquistam esse estilo de vida com trabalho, conquistaram com esforço e dedicação, e antes de tudo por mudar suas atitudes e pensamentos, pois eles , “tirevam suas mentes transformadas”.
Transforme sua mente, seus pensamentos, e com isso, transforme seu futuro!

--
PROFESSOR ERICKSON RIBEIRO
83 8813 8532 (oi)
83 9937 5958 (claro)
Empresário Amway 3109207007
Graduado em Letras-UFPB
Pos-Graduando em Mídias na Educação
Professor de Lingua Inglesa
Professor de Português Técnico
Treinador Motivacional
Coach

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

QUERER, ACREDITAR, BATALHAR, PERSISTIR E TER


Por Prof.Erickson Ribeiro

“Criou, pois, Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.” Gênesis 01:27

Desde o principio, o homem busca a felicidade, a paz e o bem-estar e sempre tem encontrado dificuldades, guerras, fome, ganância, mas por quê? Porque as respostas que o homem vem procurando há milênios em religiões, em poder e em conquistas, não as está encontrando?   Pelo simples fato de que as respostas para a felicidade repousam dentro do próprio homem.
Os grandes pensadores e líderes religiosos já sabiam disso e sempre nos alertaram para nosso potencial em alcançar o que mais desejamos, mas tudo depende de um só fator: VOCÊ!
Você é uma extensão da Fonte de Criadora, tudo no nosso ambiente físico foi criado a partir da perspectiva não física, celestial foi desenhada e desenvolvida pelo que você chama de Fonte Criadora, Deus, Ele nos criou para termos vida em abundancia, e assim como o Criador formou o mundo e você, através do poder do pensamento focado, você como imagem e semelhança Dele, também possui por herança a capacidade de criar seu mundo a partir da realidade que você deseja.
Vivemos em uma sociedade atolada em incredulidade, onde nada é levado a sério, nem mesmo as nossas próprias potencialidades, onde muitas vezes pomos a culpa por nossos fracassos em várias outras pessoas ou fatores, pois a culpa é sempre do governo, do patrão que não nos valoriza, do (a) companheiro (a) que não nos entende, e isso só gera mais problemas.
Onde estão as respostas? Em nós mesmos, pois se passamos a acreditar no nosso potencial, na nossa capacidade de criar nossa realidade e felicidade sem depender de mais ninguém, seremos verdadeiramente felizes.
Para iniciar uma mudança em busca da felicidade, primeiro devemos analisar que com as atitudes que temos tido, as coisas não tem dado certo, então devemos mudar a perspectiva. Devemos tomar posse das promessas que os mestres deixaram para nós, de vida e vida em abundancia, e para ter vida em abundancia devemos primeiro entender que “abundancia” não significa somente o acumulo de dinheiro, pois o dinheiro somente não trás a felicidade.
A abundancia significa um total bem-estar físico, espiritual, emocional, e também financeiro.
Mude tua perspectiva das coisas. Pare de reclamar da vida, das dores, do vizinho, do trabalho, das contas, de tudo que te faz mal, pois quanto mais reclamamos, mais dessas coisas são atraídas a você.
“Não é o que entra pela boca que contamina o homem; mas o que sai da boca, isso é o que o contamina”. Mateus 15:11
“Os sábios entesouram o conhecimento; porém a boca do insensato é uma destruição iminente”.
“Os lábios do justo sabem o que agrada; porém a boca dos ímpios fala perversidades”.
(Provérbios 10: 14 e 32)
Nós temos de parar de reclamar e murmurar para que o foco de nossa atenção mude da concentração somente nos problemas, que trazem mais problemas, para concentração em coisas agradáveis que atraem coisas agradáveis, é a chamada Lei da Atração.
Entendamos a Lei da Atração como uma estação de rádio, se você quer sintonizar na rádio da Alegria, mas coloca seu “radio” na radio da tristeza, você somente terá tristeza, então para ouvir e ter alegria você tem que sintonizar o aparelho (você) na mesma freqüência da alegria, ou seja, temos que mudar nossos pensamentos, que são na realidade um grande transmissor de energia.

“A imaginação é tudo. É uma prévia das próximas atrações da vida”.
 Albert Einstein (1879-1955)
“Você cria seu próprio universo à medida que avança”
Winston Churchill

“Nossos pensamentos criam a nossa realidade”. “Nossos pensamentos dominantes encontram uma forma de se manifestar na nossa realidade”, essas são algumas frases que bem descrevem como funciona a Lei da Atração, um princípio que a física quântica começa a explicar.
Se desejarmos realmente mudar a nossa realidade e começar a experimentar a vida em abundancia, existem algumas coisas importantíssimas que devemos colocar em prática, que são:
“Os grandes artistas ao iniciarem uma obra-prima. Eles têm sempre em mente o objetivo a que visam, e aproveitando tudo o que vêem e ouvem, esforçando-se para adquirir novos conhecimentos e todos os subsídios que possam conduzi-los ao êxito” (Sun Tzu, A Arte da Guerra, P.20).
Você tem que saber o que quer conseguir que metas quer tornar realidade, que carro quer dirigir, que tipo de pessoa quer para se relacionar, quando você tem claro o que deseja, tenha a fé inabalável que você irá conseguir aquilo, pois como já foi mencionado, se pedirmos com fé, Deus atenderá os desejos do nosso coração.
Sabendo o que você quer exatamente, passe a focar seus pensamentos e palavras exatamente nas coisas que você deseja e não naquilo que você não quer, pois se você vice reclamando da falta disso ou daquilo, é exatamente essa a mensagem que você está enviando ao Criador, “falta, falta, falta” e Ele atenderá os desejos do teu coração.
Madre Tereza de Calcutá sabia bem desse princípio básico, pois ela declarou em uma ocasião: “nunca participarei de um evento antiguerra, mas participarei de todos que forem pela Paz”, pois ela entendia esse princípio divino.
Quando você sabe que deve mudar o foco somente para o que você quer, então você estará ativando seu transmissor para a freqüência do que você deseja, estará entrando em sintonia com o Criador.
Após focar-se em que você deseja, passe a realmente crer que você pode, pois Cristo assim o prometeu, e a palavra do mestre não volta vazia, Ele é fiel para cumprir exatamente o que disse.

 ”Pelo que eu vos digo: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-vos-á; pois todo o que pede, recebe; e quem busca acha; e ao que bate, abrir-se-lhe-á. E qual o pai dentre vós que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou, se lhe pedir peixe, lhe dará por peixe uma serpente? Ou, se pedir um ovo, lhe dará um escorpião? Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai celestial o Espírito Santo àqueles que lho pedirem?”.  (Lucas 11:09 a 13)

Cristo deu aqui uma mensagem poderosa sobre nossa capacidade de abrir portas ao que desejamos, pois se pedirmos, Deus, a Fonte Criadora concederá, mas lembre-se que existe um fator primordial: ACREDITAR, ter FÉ!

“Em verdade, em verdade vos digo: Aquele que crê em mim, esse também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas; porque eu vou para o Pai; e tudo quanto pedirdes em meu nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu a farei..” (João 14:12 a 14)

“Então disse Jesus ao centurião: Vai-te, e te seja feito assim como creste. E naquela mesma hora o seu criado sarou”.(Mateus 08:13)

“E, tendo ele entrado em casa, os cegos se aproximaram dele; e Jesus perguntou-lhes: Credes que eu posso fazer isto? Responderam-lhe eles: Sim, Senhor. Então lhes tocou os olhos, dizendo: Seja-vos feito segundo a vossa fé”.(Mateus 15:28 e 29)

“Depois os discípulos, aproximando-se de Jesus em particular, perguntaram-lhe: Por que não pudemos nós expulsá-lo? Disse-lhes ele: Por causa da vossa pouca fé; pois em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda direis a este monte: Passa daqui para acolá, e ele há de passar; e nada vos será impossível.” (Mateus 17:19 e 20)

“Quando os discípulos viram isso, perguntaram admirados: Como é que imediatamente secou a figueira? Jesus, porém, respondeu-lhes: Em verdade vos digo que, se tiverdes fé e não duvidardes, não só fareis o que foi feito à figueira, mas até, se a este monte disserdes: Ergue-te e lança-te no mar, isso será feito; e tudo o que pedirdes na oração, crendo, recebereis”.(Mateus 21:20 a 22)

Pelos textos acima, temos a certeza da mensagem clara de Cristo dizendo que tudo depende do que cremos, pois se acharmos que não podemos, estamos certos, pois assim estamos determinando que não podemos, mas se acreditarmos que podemos realizar, ai também estamos certos, pois se cremos, assim será feito.

Essa é a promessa de Deus, pois em II Corintius capítulo 1 versículo 20 diz que: “Pois, tantas quantas forem às promessas de Deus, nele está o sim; portanto é por ele o amém, para glória de Deus por nosso intermédio”.
É promessa de Deus sermos felizes, termos vida em abundancia, mas porque não a temos? Porque não cremos no nosso potencial.

“Respondeu-lhe Pedro: Senhor! Se és tu, manda-me ir ter contigo sobre as águas. Disse-lhe ele: Vem. Pedro, descendo do barco, e andando sobre as águas, foi ao encontro de Jesus. Mas, sentindo o vento, teve medo; e, começando a submergir, clamou: Senhor, salva-me. Imediatamente estendeu Jesus a mão, segurou-o, e disse-lhe: Homem de pouca fé, por que duvidaste?”  (Mateus 14:28 a 31)

“Tudo o que somos é o resultado do que pensamos”
Buda (563 a.C-483 a.C)

Tudo o que queremos depende de nós, de nos sintonizarmos no canal em que vibra a freqüência do Criador, a freqüência do amor.  Podemos chamar aqui a Lei da Atração de Lei do Amor, pois se Deus é amor, independente de religião, estamos com todo o aparato pronto para sintonizar nosso grande rádio transmissor e receptor nessa freqüência celestial, pois somos feitos da mesma energia divina, mas como já foi dito várias vezes neste texto, tudo depende de sua atitude em girar o botão imaginário da nossa vida e colocar nossa estação cerebral na mesma sintonia do que desejamos para nossa felicidade: O AMOR.
Se você passa a estar em harmonia com o criador, você abre as portas do bem estar, da satisfação e da vida em abundancia.
“Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”.(Mateus 6:33)
Buscando o amor a si mesmo, ao próximo, amor pelos que são diferentes, amor pela nossa terra....       AMOR!  Você está entrando em sintonia direta com quem é amor: DEUS.
Essa sintonia será refletida de volta para você de forma amplificada, dando a você, e a mim, a nós, a vida em abundancia.   O dinheiro que desejo, o amor que desejo, a paz que desejo, a saúde que desejo.
Se você está em perfeita sintonia, cheio de amor, bem-estar, pleno, você está em equilíbrio, e conseqüentemente não adoece, não se estressa.  Você está em contato direto com a Fonte, o Criador, aquele a quem somos a imagem e semelhança.
Crendo que podemos ser felizes e sintonizando na freqüência do amor, respeito, estaremos atraindo essas maravilhas para nossa vida.  Isso não é mágica, é um fato da vida. 
Já notaram alguém carrancudo ou sempre mal humorado? Essas pessoas sempre observam o lado negativo das coisas, sempre reclamam de tudo e é exatamente isso que sempre verão, pois a freqüência vibratória dessas pessoas está sintonizada nesses aspectos negativos e segundo a Lei da Atração, é exatamente isso que elas estarão atraindo.

“Em verdade vos digo: Tudo quanto ligardes na terra será ligado no céu; e tudo quanto desligardes na terra será desligado no céu”. (Mateus 18:18)
Essas verdades não são exclusivas do Cristianismo, Buda também sabia dessa verdade universal quando disse em [1] suas quatro nobres verdades que o egoísmo é fruto da Cobiça, do Orgulho e do Erro, que levam as pessoas a agirem de forma a conquistarem o que desejam, pensando somente em si mesmas e não no outro, sendo que na segunda verdade, que as pessoas devem buscam a completude, mas os desejos, a cobiça, o orgulho e o erro não completam as pessoas.  Por isso a Segunda Nobre Verdade fala da existência da dor: as pessoas buscam algo que as satisfaçam, mas não se satisfazem, só se ludibriam, pois o material não é o objetivo essencial da vida em abundancia, mas sim o bem-estar, a harmonia com a natureza e com as pessoas, é muito simples notarmos isso nos nossos índios, sem cobiça, sem avareza, apenas respeitando tudo, amando tudo.  Só depois que os homens brancos e suas idéias poluidoras chegaram a América, é que esses povos em sintonia com o altíssimo supremo vem perdendo essa sintonia celestial.
Outra “Nobre Verdade” de Buda também diz que o tempo de duração de aproveitamento de um desejo egoísta é muito curto, derrubando assim a noção de que somente o dinheiro traz a felicidade.  Outro conceito das Nobres Verdades de Buda fala que os desejos egoístas levam a pessoa a buscar o mundo externo e isso traz dor e vazio, então ela deve buscar o que está no seu interior.  Finalmente a quarta “Nobre Verdade” é o caminho proposto por Buda de auto-conhecimento que leva ao Nirvana, ou seja, quando a pessoa elimina o orgulho, a cobiça e os erros e pode viver em plenitude, sem jamais sentir vazio interior e também atingindo a paz, pois a resposta as questões do homem habitam dentro dele mesmo, trazendo a realização, a felicidade.
A relação clara que existe entre ações e seus efeitos - virtude como causa de felicidade e não-virtude como causa de sofrimento - é chamada de "lei do carma". A compreensão dessa lei é à base da ética budista.
Então, tanto Buda como Cristo sabiam da verdade universal de que a resposta para a felicidade plena estava e está dentro de nós mesmo, de crermos que podemos ser felizes, basta que conheçamos a nós mesmos e creiamos em nossa potencialidade como fagulhas divinas, feitos a imagem e semelhança do criador, fazendo parte da extensa rede energética do cosmos, principalmente fazendo o bem, amando, pois quanto mais amarmos os nossos semelhantes, mais amor estaremos atraindo para nós mesmos.
“Peça-a, porém, com fé, não duvidando; pois aquele que duvida é semelhante à onda do mar, que é sublevada e agitada pelo vento. Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa, homem vacilante que é, e inconstante em todos os seus caminhos”. (Tiago 01:06 a 08)

Nós estamos contaminados pela incredulidade, pela violência, pois nós seres humanos sempre pedimos paz, mas somos os primeiros a para em frente a uma Tv ou em frente a um acidente para ver e saber mais sobre as desgraças do mundo, pois somos pessoas focadas no mal, ao invés de nos focarmos no bem.
Ao aplicarmos a Lei do Amor nas nossas vidas, estaremos além de nos tornarmos mais prósperos em todos os sentidos, estaremos contagiando as pessoas a nosso redor a serem da mesma forma, focados no amor, e quando assim o fazemos, estamos iniciando uma reação em cadeia para que possamos transformar esse planeta em que vivemos, mas antes de tudo devemos transformar a nós mesmos, pois “a primeira batalha que devemos travar é contra nós mesmos. (Sun Tzu, A Arte da Guerra, P.09)”.
--
PROFESSOR ERICKSON RIBEIRO
83 8813 8532 (oi)
83 9937 5958 (claro)
http://vendasoportunidade.blogspot.com
Empresário Amway 3109207007
Graduado em Letras-UFPB
Pos-Graduando em Mídias na Educação
Professor de Lingua Inglesa
Professor de Português Técnico
Treinador Motivacional
Coach