terça-feira, 2 de novembro de 2010

COM O FIM DO ANO Vendas diretas impulsionadas

Advogado Joviano Lopes Filho, que revende produtos da marca Amway, projeta dobrar as vendas neste fim de ano
FOTO: KID JÚNIOR
Clique para AmpliarFim de ano se aproximando e as vendas do varejo já começam a aquecer. Há dois meses do Natal, o momento é de otimismo também para os profissionais de venda direta - um filão que vem crescendo na casa dos dois dígitos anualmente no Brasil e ganhando profissionais cada vez mais qualificados. Confiantes, consultores e revendedores cearenses, que atuam no setor, estimam atingir no período incremento nas vendas entre 30% e 100% face ao ano passado.

A expectativa da Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (Abevd) em 2010 é superar a performance do ano passado, quando o mercado nacional de vendas diretas fechou o ano com crescimento de 18,4%, movimentando um volume de R$ 21,8 bilhões.

A projeção, conforme o presidente da entidade, Paulo Quaglia, tem base na atual conjuntura econômica, com a melhora de renda como um todo, na qualidade e variedade dos produtos, na praticidade e segurança da compra e no aumento de profissionais no segmento.

Dados da Abevd indicam que a adesão à atividade cresceu 16,7% no primeiro semestre de 2010, em comparação a igual período de 2009.

Hoje, as vendas diretas geram renda para mais de 2,6 milhões de brasileiros.

Novo perfil
A atividade, antes conhecida popularmente como "porta a porta", que era exercida nas horas vagas por donas de casa que não tinham tempo ou habilitação para ingressar no mercado de trabalho, hoje é exercida por estudantes universitários, profissionais liberais e aposentados. Outra mudança no perfil da profissão é que, em vez de complementar a renda familiar, os rendimentos advindos da venda direta é muitas vezes superior a outros ganhos, chegando a ser a renda principal.

É o caso do advogado, Joviano Lopes Filho, de 28 anos, que há um ano e sete meses se tornou consultor Amway.

"Comecei a trabalhar com produtos Amway em março de 2009 e hoje essa atividade é minha fonte de renda principal. Complemento com rendimentos dos serviços advocatícios que exerço. Estou no nível Platina no negócio, que é considerado e reconhecido nacionalmente como o primeiro nível de liderança", diz o profissional que acabou de retornar de uma viagem de seis dias ao Guarujá (SP) com estadia em hotel cinco estrelas, que ganhou da Amway em premiação por seu desempenho. Motivado, Joviano projeta dobrar as vendas desse fim de ano em comparação com o que comercializou no mesmo período do ano passado. "Nossa rede de negócios é muito grande e o número de clientes é cada vez maior. A Amway possui uma variedade de artigos de limpeza biodegradáveis, produtos de nutrição orgânicos e itens de beleza e cuidados pessoais, inclusive para cabelos. E eu tenho investido muito desde que entrei nesse negócio. Por isso espero crescer mais de 100% nas vendas desse fim de ano, em relação a igual período de 2009", projeta.

Para presentear no Natal, o consultor sugere kits a partir de R$ 25,00. "Só com a venda direta faturo entre R$ 3 mil e R$ 5 mil por mês ", afirma.

ÂNGELA CAVALCANTEREPÓRTER

Nenhum comentário: