segunda-feira, 7 de novembro de 2016

COMO ESCOLHER A EMPRESA DE MARKETING MULTINIVEL IDEAL

Por Pablo Teixeira
Dias atrás eu me deparei com uma situação que é bem comum no marketing multinivel: uma pessoa me chamou no Facebook pra trocar umas ideias e me falou que havia sido convidada por um amigo para ir na reunião de uma determinada empresa. Segundo ela, o projeto não lhe chamou muito a atenção, mas o conceito do MMN sim e, chegando em casa, adivinhem o que ela foi fazer… Claro, foi pesquisar sobre “marketing multinivel” no Google. E ela realmente parecia estar encantada com a famosa historinha do “se você coloca cinco e todo mundo faz o mesmo…”.
O problema era: essa pessoa havia encontrado outro projeto na internet, pelo qual estava contagiada, mas não sabia o que dizer ao seu amigo. E agora tinha uma intrigante pergunta para mim: “qual a empresa que devo escolher, a que está me deixando “sem dormir” ou a que vai me conceder o status de amigo fiel?”.
Moral da história: se nos últimos dias algum amigo seu foi pra uma reunião com você, mas acabou entrando noutra empresa, não se zangue comigo, mas eu tinha que dizer o que eu disse… 🙄 Eu sei que é clichê, mas foi mais ou menos assim: “amigos, amigos, multinivel à parte”.
Aprenda a escolher uma empresa de marketing multinivel
Se você também foi fazer uma busca no Google e acabou chegando aqui, é provável que esteja querendo saber quais são as empresas de marketing multinivel ideal para trabalhar. Então saiba que você não é o único, pois de uns tempos pra cá esse mercado sofreu uma verdadeira explosão e todos os dias milhares de pessoas dão seus primeiros passos na indústria MMN.
E o que isso quer dizer?
Quer dizer que se muita gente está a procura de empresas de MMN, então existe um grande mercado e, consequentemente, muitos players querem abocanhar uma fatia dele, ou seja, querem conquistar uma parcela desse público.
Desde as próprias empresas, até toda uma leva secundária de fornecedores que surgiu em função dessa demanda, a começar pelos próprios distribuidores/recrutadores das empresas de marketing de rede, depois pelos autores de livros sobre o tema, produtores de cursos, de materiais de treinamento, palestrantes motivacionais e até autores de blogs (como eu) que buscam sua audiência, todos estão loucos para que você pergunte: “qual a melhor empresa?”.
Então, na hora de fazer essa perguntinha mágica, entenda que um exército de pessoas está interessado em lhe responder, de acordo com os respectivos interesses delas mesmas. Não espere encontrar um “amiguinho” que lhe mostre “de coração” o caminho das pedras. Claro, quem for lhe apresentar uma “oportunidade multinivel” vai desejar seu sucesso, afinal, esse é um mercado onde pessoas vivem do sucesso de outras pessoas.
Mas o que quero é abrir seus olhos para que saiba que isso é um negócio e ninguém está brincando de ser bonzinho. Há interesses econômicos por trás de qualquer indicação que possam lhe fazer – ou resposta que possam lhe dar!
Em alguns casos, existe sim uma certa dose de altruísmo, mas via de regra, se você for sair por ai perguntando em alto e bom som “qual a empresa ideal?”, o que não faltará são lôbos disfarçados de cordeiro lhe oferecendo oportunidades que não são tão “oportunidades” assim. Mas, desde que a proposta seja um negócio legítimo, a troca não deixa de ser justa: a pessoa lhe indica um negócio e lhe ensina o que você deve fazer; e você a retribui fazendo o que deve ser feito e gerando retorno para o grupo. Até aí tudo bem, mas fique atento para o fato desse negócio ser algo que vá beneficiar apenas o lôbo. Todo cuidado é pouco!
Mas porque estou dizendo isso? Para que você não dê ouvidos à ninguém, evite a todo custo as opiniões alheias e não aceite um patrocinador que lhe guie? Claro que não! O multinível não funciona assim… Você deve sim aceitar o conhecimento de quem está há mais tempo no negócio, as opiniões e dicas de quem já está jogando o jogo e, se calhar, entrar no negócio com essa pessoa. Bom seria que a proposta da primeira pessoa que lhe fala de MMN realmente fosse a melhor pra você e “todos vivessem felizes para sempre”.
O fato é que você precisa agir tendo em mente que se há um interesse mercadológico por parte da pessoa que está lhe convidando, sua decisão também deve se pautar pela lógica comercial e não por “consideração”. Ou seja, por mais amigo que alguém possa ser, há um interesse financeiro por parte dessa pessoa quando ela lhe convida para alguma empresa de multinível. Então, por mais fiel amigo que você seja de alguém, sua análise deve partir de um ponto de vista puramente comercial ao aderir à empresa dessa pessoa.

Não escolha uma empresa de marketing multinivel baseado na sorte

Dito isto, o que de mais cauteloso você pode fazer é correr atrás de informações para que você mesmo possa responder essa pergunta. O ideal é que tenha parâmetros pra fazer você próprio uma análise fria, calculista e imparcial… Que possa julgar você mesmo se a empresa é boa ou ruim e decidir por conta própria. “Mas como fazer isso se eu não sei nada de MMN e só conheci esse modelo de negócio agora?”
Bem, qualquer negócio que lhe seja apresentado, antes de ser uma empresa de multinível, é uma empresa como qualquer outra. Utilize-se de sua visão empreendedora, use seu senso lógico, pense você mesmo sobre a viabilidade do negócio. Existe uma boa oferta? Existe uma demanda significativa? Há um potencial de crescimento frente a concorrência? Essas são perguntas pertinentes a qualquer negócio e não voltadas ao mercado multinível.
Claro, em se tratando de marketing de rede, após fazer sua análise do negócio como um todo, algumas perguntinhas mais específicas devem ser levadas em conta. Abaixo vão algumas dicas:
  • O plano de bonificação da empresa é coeso e tem uma matemática que fecha?
  • Há uma demanda pelo que a empresa vende ou é uma promessa puramente de ganhos financeiros?
  • As pessoas que estão gerindo a empresa tem experiência no setor? (essa é muito importante)
  • Existem margens de lucros suficientes para a empresa ganhar dinheiro e ainda pagar a rede?
  • A empresa tem um plano de carreira realmente compensador?
  • Toda a parte contratual e documentação de normas e procedimentos estão ok?
  • A empresa é filiada a ABEVD?
  • A empresa tem um plano de negócio de médio longo prazo?
  • A empresa tem um bom sistema de treinamento e desenvolvimento pessoal?
  • E, por fim, a pergunta que não quer calar: é mesmo uma empresa ou apenas uma pirâmide financeira?

Decida qual vai ser seu próximo MMN

Assim, se a resposta da pergunta “qual a melhor empresa de marketing multinivel?” vier de suas próprias conclusões, creio que esteja bem próximo de tomar uma decisão acertada.
Para isso caro leitor, lembre-se que você não deve nada a ninguém. Que negócio bom é negócio que dá certo! E pra seu negócio de multinível dar certo, nada melhor do que empreendê-lo por pura paixão pelo projeto e, de forma alguma, por consideração à alguém.
Fonte: MMN Expert

Nenhum comentário: